CENA DE ABERTURA

CENA DE ABERTURA

AS 21 MELHORES DICAS PARA ESCREVER SUA CENA DE ABERTURA

Autora do Artigo: Kojarie Matiessa

Traduzido do http://bekindrewrite.com/2012/05/04/the-21-best-tips-for-writing-your-opening-scene/

(N.T. Operei alguns ajustes, e o que se referia a elementos de  livro, como capítulos, prosa, etc.,  eu renomei para elementos de roteiro como cenas, narrativa, etc.)

 

A PRIMEIRA PÁGINA DE SEU ROTEIRO ou sua CENA DE ABERTURA  pode ser ou seu momento do tudo-ou-nada. As cerca-de- 250 palavras em que o seu leitor – seja ele um agente literário ou alguém que esteja navegando na web – decide ou seguir para a próxima páginacena, ou deixar de ler em definitivo.

Segundo Eh. Ver.

Se você não engajar emocionalmente seu leito na página 1, é o fim.

É o D de AIDA:

Atenção

Interesse

Desejo

Ação

Para descobrir como engajar e manter o leitor, eu (Kojarie Matiessa) pesquisei na Internet os melhores conselhos para a primeira página/primeira cena, e apresento aqui uma visão panorâmica dos melhores conselhos que achei (se confuso, clique no link das fontes destes conselhos para explicações mais detalhadas)

(N.T. Vá ao artigo original e clique ali!)

 

PRIMEIRO DE TUDO

 

Segundo “Moonrat,” um assistente editorial recuperado:

•        Suponha que seu leitor esteja de péssimo humor quando ele olha  para a sua primeira página. Este agente em potencial tem uma pilha sem fim de submissões para analisar, sem contar com os clientes que tem  para atender. Você não terá até a página 2.

 

NÃO ESCREVA

 

Segundo Hilari Bell:

•        Não abra com cenário.

•        Não abra com  prévia história ( chamado de lixo de informação)

•        Não abra no meio de muita ação.

•        Não abra com  mais de três personagens (três já é forçar a barra).

 

Por muitos agentes

•        Não abra com um sonho ou um flashback.

•        Não floreie – minimize adjetivos e advérbios

•        Não abra com clichê (veja exemplos postados) (N.T. Vá ao texto original)

 

Segundo Livia Blackburne:

•        Não comece com o tempo a menos que o roteiro seja sobre meterologistas

•        Evite personagem pensando sobre alguma coisa só para que você comunique a informação ao leitor (evite o “falar- nã- mostrando”).

 

Segundo Hallie Ephron:

•        Não comece com um “prólogo roubado” – quando a primeira página é enfadonha, o roteirista fica tentado a pegar a cena mais excitante do meio da história, meter  no início e a isto chamo  de” prólogo roubado”.  Não faça isto.

 

ESCREVA

 

Segundo Anica Mrose Rissi:

•        Comece com conflito e tensão – alguma coisa dando errado (no amor ou nas tribulações da vida  do protagonista) já na página 1.

•        Comece com a história que você está contando, não com a(s) história(s) secundárias.

 

Segundo Nancy Kress:

•        Introduza o protagonista – foque no indivíduo, não somente no tipo: o que tem de diferente acerca desta pessoa?

 

Segundo Tara Lazar:

•        De modo breve estabeleça o lugar da cena, mas seja específico ao contrário de ser genérico – o que tem de especial neste lugar?

 

Segundo Hilari Bell:

•        Estabeleça o tom da históia – é sarcástico, humor  negro, caprichoso, suspense?

 

Segundo Elizabeth Sims:

•        Dê a esta cena de abertura um mini plot – uma primeira cena tão bem disposta, concisa, e completa que parece poder manter-se de pé por si só.

 

Segundo Nancy Kress:

•        Entenda as promessas que você está fazendo ao leitor – tanto emocionalmente quanto intelectualmente – e esteja preparado para prosseguir  satisfazendo-as . Assegure-se que o fim sastifará as expectativas que você no início encorajou seu leitor a ter.

 

DECIDINDO ONDE COMEÇAR

 

Segundo Elizabeth Sims:

•        Escolha uma cena que você sabe que você vai colocar no roteiro – ainda que você não saiba ainda onde. Talvez você descubra a cena inicial logo ali.

•        Pergunte-se “o que o protagonista está fazendo quando primeiro encontramos ele?

 

Segundo James Scott Bell:

•        Tente cortar a sua atual primeira cena e, ao invés dela, começar na próxima.

 

SENTINDO-SE PRESSIONADO?

 

Aqui um modo melhor estruturado de como compor suas primeiras cenas, retirado do livro “Hooked”,  de  Les Edgerton (N:T: Siga o link para o livro no artigo original):

 

OS COMPONENTES DE UMA CENA DE ABERTURA:

 

Primeiramente (absolutamente necessário)

1.       O “ inciting incident” (incidente intrigante) – evento que cria o problema  aparente, estabelecendo o palco para o problema que vale a história.

2.       O problema que vale a história  – coisa que o personagem  tem de resolver até o fim da história.

3.       O problema que surge inicialmente – resulta do incidente intrigante. Parece ser o problema a ser solucionado pela história – mas na verdade não o é.

4.       Estabelecer  um instantâneo que ajudará o leitor a entender  a próxima cena.

 

Secundariamente (talvez não seja necessário):

5.       História de fundo – incluída somente se absolutamente necessária

6.       Uma sequência pomposa de abertura   – aquela que se gasta mais  linhas do que em qualquer outra sequência..

(N.T.: No artigo estava listado como secundários, mas deve ter sido um equívoco porque estes quatro  últimos são primários)

7.       Linguagem – use sua melhor escrita no começo.

8.       Personagem – revele um detalhe de seu protagonista usando ação, não exposição.

9.       Cenário – prenda seu leitor mas não extrapole.

10.     Prenunciação – dê dica de uma ação ou obstáculo que está por vir.

 

 

TESTE SUA PRIMEIRA CENA

 

(N:T. No artigo original, sugere postar a cena num certo blog de internet, onde poderá se obter feedback de outros usuários , mas nos nossos canfundós brasileiros, eu sugiro mostrar  sua primeira cena a pessoas com alguma noção de roteiro e pedir uma opinião seca. Na meu modo de ver, é perda de tempo mostrar a seus amigos sem noção e atores de teatro que vão obviamente dizer “legal” e você não terá os problemas da primeira cena apontados. Sem ofensa a amigos e atores de teatro…!!!rsrsrs)

Advertisements

Lezel ur respont

Fill in your details below or click an icon to log in:

Logo WordPress.com

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont WordPress.com Log Out / Kemmañ )

Skeudenn Twitter

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Twitter Log Out / Kemmañ )

Luc'hskeudenn Facebook

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Facebook Log Out / Kemmañ )

Google+ photo

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Google+ Log Out / Kemmañ )

War gevreañ ouzh %s